Galeria Fortes Vilaça Home Künstler Ausstellungen Kunstmessen Inventarkatalog Galerieprofil

 Zurück zu Aktuelle Ausstellungen   

Gerben Mulder 'New Works' (Galeria)    1. Mrz - 31. Mrz 2012


Gerben Mulder – New Works

A Galeria Fortes Vilaça tem o prazer de apresentar novas pinturas e desenhos do artista holandês, Gerben Mulder. Esta é sua terceira individual na Galeria. Ainda que tenham uma natureza figurativa, estes trabalhos distanciam-se bastante de uma representação realista. Esta série toma um caminho mais lírico, explorando elementos da abstração.

Ao longo de sua carreira, Mulder desenvolveu uma pintura que dialoga com uma tradição de pintura européia, que vai das crianças de Velázquez as figuras distorcidas de Edward Munch. Com paleta iridescente, seus retratos, e mais recentemente os vasos de flores e natureza morta, enfatizavam aspectos psicológicos (melancolia e euforia) e uma dimensão subjetiva das imagens. A crítica de arte do New York Times Roberta Smith, situou esta última produção na lacuna entre Raoul Dufy e Jackson Pollock. Isto é, entre uma pintura de essência figurativa com temas tradicionais e o expressionismo abstrato.

As novas obras por sua vez enfatizam radicalmente a materialidade da pintura, sendo concebidas de forma física. O gesto é marcadamente amplo, rápido, e onipresente. As telas são dominadas por uma paleta de cores reduzida em tons de azul e cinza, que criam uma atmosfera mais introspectiva. Estas pinturas remetem a um anseio, a um desejo por algo distante, que tenta ser alcançado através dos gestos e marcas na tela. Assuntos que o artista identifica com os célebres poemas do romantismo alemão “A Lorelei”, de Heine, ou “Meu amor não está longe” de Goethe. Pinceladas em espirais, marcas retro-modernistas, quase gráficas, trazem uma inovação contemporânea para este gênero. Os vasos de flores, ainda que apareçam apenas sugeridos em algumas telas, já desapareceram completamente em outras.

Nos desenhos também a ênfase recai sobre gesto e velocidade combinados a estratégias de composição sutil. Ao contrário do que acontece nas pinturas, aqui não há massas de cor, mas apenas a caligrafia que lhes dão movimento. O diálogo com o expressionismo abstrato se intensifica de forma evidente situando Mulder entre os pintores contemporâneos que trabalham com este legado.

Gerben Mulder nasceu em Amsterdam na Holanda em 1972 e atualmente vive em Nova Yorque. Em 2011 o artista fez uma residência que culminou em uma grande individual no Museu de Arte Contemporânea de Tucson, EUA. Em 2004 recebeu prêmio do Royal Foudation for the Visual Arts, na Holanda.

Darstellung :    Aktuelle Ausstellungen   Vergangene Ausstellungen      


 
artnet - Die Welt der Kunst online. ©2014 Artnet Worldwide Corporation. Alle Rechte vorbehalten. artnet® ist eine eingetragene Handelsmarke der Artnet Worldwide Corporation, New York, NY, USA.